"O artista, um contemplativo que passa, atento somente, às manifestações de cor, de harmonia e de beleza, que escapam aos olhos dos outros."
Domingos Rebêlo, num artigo que escreveu sobre os seus tempos de estudante em Paris, in "Açoreano Oriental", 13 de Janeiro de 1946.

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Correio dos Açores - Edição de 11 de Maio de 2017


Ponta Delgada, 07 de Maio de 2017

O rabisco que hoje vos apresento é um antigo posto de transformação da EDA. Situa-se no Pópulo de Cima. O que me apraz no observado é a sua geometria, a singularidade da peça e a constatação da evolução destes equipamentos. Hoje os postos de transformação são muito mais simples, mas se calhar sem tanta beleza arquitetural. Todavia, é aceitável, tendo em conta a melhoria do fornecimento de energia elétrica. Coisa que ainda não acontece na ilha Terceira, uma vez que no passado dia 28 de Abril, tanto o concelho da Praia da Vitória, como o de Angra do Heroísmo, ficaram sem esse fornecimento um bom par de horas no período da tarde. Sinal da evolução dos tempos? Ou sinal de que ainda há muito a fazer?

Sem comentários:

Publicar um comentário